missão
ARS é uma estrutura de investigação multidisciplinar que origina o encontro de gente – com foco na emergência artística e científica – empenhada em pensar e agir, integrando transversalmente experiências e conhecimentos em diversas áreas do saber. Acolhe projectos de carácter inovador que revelem ligações da Cultura-Património com a criatividade, promovendo o seu entrosamento com a contemporaneidade. Promove práticas democráticas e de cidadania ligadas à cultura, expressando a abrangência de toda a realidade cultural do território, com especial atenção das populações rurais.
Investigar

exposição "O sopro fóssil" de Joana Patrão para ver até 8 de janeiro 2023 no Espaço Pontes, Fundão!
próximos eventos
Sobre
Associação ARS - ID

 

Princípios estatutários

ARS ASSOCIAÇÃO INVESTIGAÇÃO DESENVOLVIMENTO tem como objeto social a Investigação Artística e Científica, compreendendo:

- O enquadramento de toda a sua atividade no respeito integral pela declaração de princípios da UNESCO, em particular no referente aos objetivos estratégicos para o desenvolvimento humano através da educação, da ciência, da cultura e da comunicação;

- O desenvolvimento de investigação multidisciplinar, com foco na emergência artística, científica e tecnológica;

- A promoção de projetos teóricos e teórico-práticos em arte, ciência e tecnologia, articulados com os meios institucionais, académicos e de formação profissional, públicos e privados;

- Criação de espaços e formas de cooperação interinstitucional com entidades nacionais e internacionais que persigam os mesmos fins;

- Acolhimento de projetos de carácter inovador que revelem ligações da Cultura-Património com a criatividade, promovendo o seu entrosamento com a contemporaneidade;

- Originar práticas democráticas e de cidadania, expressando a abrangência de toda a realidade cultural do território português, com especial atenção das populações rurais;

- A compreensão das múltiplas relações entre o indivíduo e a natureza, integrando transversalmente diferentes áreas do conhecimento;

- Estimular as diferentes responsabilidades culturais, sociais e humanas face às novas questões colocadas pela complexidade do mundo contemporâneo, especialmente a emergência ecológica;

- Promover a divulgação das atividades desenvolvidas nos âmbitos nacional e internacional.

 

Historial da ARS/Luzlinar

A ARS ASSOCIAÇÃO INVESTIGAÇÃO DESENVOLVIMENTO é uma estrutura associativa sem fins lucrativos, com sede no Fundão, cujo objeto principal é a investigação em Arte e Ciência.

 

2022

A partir de Fevereiro de 2022 a Luzlinar atualizou os seus estatutos, alterando a sua designação de Associação Luzlinar para ARS Associação Investigação Desenvolvimento – ARS-ID - e a sua sede para a cidade do Fundão, estabelecendo uma parceria estratégica com o Município do Fundão.

2021

Em Abril de 2021 a Luzlinar implementa um projeto para o território – ARS – uma estrutura de investigação multidisciplinar que origina o encontro de gente – com foco na emergência artística e científica – empenhada em pensar e agir, integrando transversalmente experiências e conhecimentos em diversas áreas do saber. Acolhe projetos de carácter inovador que revelem ligações da Cultura-Património com a criatividade, promovendo o seu entrosamento com a contemporaneidade. Promove práticas democráticas e de cidadania ligadas à cultura, expressando a abrangência de toda a realidade cultural do território, com especial atenção das populações rurais.

2014

Estrutura profissional desde 2014, financiada pela Direção Geral das Artes, no âmbito dos apoios sustentados.

A partir desta data desenvolveu uma estratégia centrada no Projeto Pontes, cofinanciado pela DGArtes e Município do Fundão, que tem como propósito:

– Investigação, criação e promoção artística, científica e tecnológica;

– Estudo e divulgação do património cultural, natural, material e imaterial nacional e internacional;

– Criação de espaços e formas de cooperação interinstitucional com entidades nacionais ou internacionais que  persigam os mesmos fins;

-Promoção e participação em projetos, ou desenvolvimento de atividades experimentais, no âmbito de: arte, ciência, ambiente, sustentabilidade, bem-estar, inovação social e turismo criativo;

-Promoção de projetos teóricos e teórico-práticos em arte, ciência e tecnologia, articulados com os meios institucionais, académicos e de formação profissional, públicos e privados.

2012

A partir de 2012, com a entrada de novos elementos na direção inicia-se um período de renovação com vista à profissionalização da associação que viria a concretizar-se em 2014.

Para desenvolvimentos dos seus projetos a Luzlinar estabeleceu parcerias com um conjunto significativo de instituições públicas e privadas em Portugal e na Europa, com particular destaque para o incremento da parceria com o Município do Fundão que veio a permitir um amplo desenvolvimento da estrutura.

2009

A partir de 2009, depois de um período menos ativo, a associação viveu um primeiro período de relançamento com a entrada de novos elementos para a direção e a obtenção de alguns apoios financeiros pontuais da DGArtes e outras entidades, permitindo retomar a realização dos Simpósios, bem como diferentes atividades artísticas.

2004

A Associação Luzlinar foi criada por um grupo de artistas amigos provenientes do Teatro Aquilo (Guarda), outros com uma ligação afetiva à obra da escultora Maria Lino e ainda alguns familiares desta, pelo que a sua criação surgiu numa perspetiva de continuidade relativamente o trabalho que a escultora Maria Lino vinha desenvolvendo desde 1995, particularmente o Simpósio Internacional de Artes do Feital.

Estatutariamente, teve como objetivos a promoção das artes plásticas e performativas; Desenvolver projetos no âmbito da arte experimental; Informar os cidadãos das questões relativas à arte; Colaborar com instituições que persigam os mesmos fins; Criar espaços e formas de cooperação interinstitucional; Contribuir para o estudo e divulgação do património cultural local e regional.
Morada
 

Espaço Biblos - Sede do Projecto ARS

Rua dos Bombeiros Voluntários, n. 5

6230 - 422 Fundão

 

Espaço Pontes

Rua João Franco n 33

6230 Fundão
Contacto
 

Qualquer dúvida ou questão estamos por aqui!

+351 275 097 151

 

+351 934 242 828 . Carlos Fernandes (Direção Geral) . carlos.f@ars-id.org

+351 963 283 383 . Flávio Delgado (Produção) . flaviodelgado@ars-id.org

+351 913 825 595 . Ana Rodrigues (Design e Comunicação) . comunicacao@ars-id.org

+351 913 105 653 . Ana Couto (Programação) . anacouto@ars-id.org